GERAÇÃO PRÉ-ADÂMICA

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

DAVI E JÔNATAS. AMIZADE BEM ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA






A amizade é um dos aspectos mais subestimados da espiritualidade. Vivemos na era dos conteúdos esvaziados, dias onde tudo é marcado pela penumbra da suspeita. Os relacionamentos são marcados por pitadas de maldade. Não são poucos os que lêem o texto sobre a amizade entre Jônatas e Davi e acreditam numa provável relação homossexual entre eles. O que me intriga é que, geralmente não se valoriza o que a Bíblia diz (principalmente quando ela é normativa em questões de relacionamentos), contudo, buscam-se desesperadamente textos bíblicos que legitimem as práticas homossexuais. Então, valoriza-se a Bíblia ou não?


A raiz dessa problemática está na abismal incapacidade do homem pós-moderno em manter amizades leais, a incapacidade de pertencer. Não é por acaso que os psicólogos e psiquiatras estejam sendo vistos como “amigos profissionais”. É a tragédia da amizade descartável, uma espécie de relação utilitarista e monetária que, movida pela estética do fingimento, termina quando o dinheiro (ou o prazer) acaba. Um provérbio italiano diz: “Amizade que termina, nunca começou”. Eugene Peterson diz: “um Jônatas faz acontecer um Davi”.


O amor que a Bíblia define na relação de Jônatas e Davi vai muito além da famigerada “opção sexual” – é uma forma de santidade. No texto bíblico de I Samuel 20. 42, Jônatas diz a Davi: “O Senhor seja testemunha entre mim e ti”, esse amor torna a experiência humana em algo santo. Essa amizade permitiu um milagre: de maneira radicalmente oposta a seu pai, Saul, Jônatas discerniu a presença de Deus em Davi. A amizade de Jônatas conseguiu enraizar-se na alma de Davi de uma forma que o ódio de Saul jamais conseguiu. Foi uma amizade baseada no “vínculo da paz”.


O fator Jônatas é a aliança, o pacto, o “amor de almas”, que cria vínculos na sociedade dos solitários. Muitos pactos de amizade – o fator Jônatas – ainda são vividos nas atuais “cortes de Saul” que se tornaram alguns casamentos, postos de trabalho, famílias, igrejas, lugares que vivem em condições hostis a esse tipo de propósito. Entretanto, a vitória está na permanência da aliança e não na vulnerabilidade das circunstâncias e opiniões.


No mesmo texto, I Samuel 20. 42, Jônatas diz a Davi: “Vai-te em paz”: uma amizade libertadora, não opressiva, digna do amor que permite ao outro a potencialidade de suas asas. Não vejo qualquer conotação homossexual entre Jônatas e Davi – nenhuma tentativa “romanceada” de sexualizar, erotizar ou “casar” esses dois corações.

É isso aí!



domingo, 29 de janeiro de 2012

MARIA, VIRGEM? SIM, CLARO! PORÉM, SÓ ATÉ JESUS NASCER!



Existem muitas discussões acerca da Virgindade de Maria! Uns asseguram firmemente que ela morreu virgem, salientando que Jesus não teve outros irmãos e, outros, acertadamente, como eu, garantem, via Bíblia Sagrada, que ela teve outros filhos além de Jesus!

Vamos aos Detalhes da Palavra:

Mateus 1,18 ao 21 ( o que está entre parênteses é por minha conta )

" 18 - Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José ( desposados, naquela época era uma espécie de namoro, uma preparação para o casamento, mas os dois não se viam frequentemente, existia apenas um acordo entre as famílias ), antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo.



19 - Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. ( Muito coerente a atitude de José, não queria difamar a virgem Maria, pois, assim sendo, a mesma seria digna de apedrejamento, mas, pensou: também não vou criar filho de outro )


20 - E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher ( ela se tornaria mulher normal de José ), porque o que nela está gerado é do Espírito Santo;


21 - E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

22 - Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz;



23 - Eis que a virgem conceberá ( foi virgem até jesus nascer ), e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.


24 - E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher ( agora, esposa );


25 - E não a conheceu ( aqui, conhecer, no sentido bíblico é relação sexual ) até que deu à luz seu filho ( note: ATÉ, depois, claro, conheceu! ), o primogênito ( se fosse o único, seria o UNIGÊNITO ); e pôs-lhe por nome Jesus. "

Bom, só por aqui fica claro que Maria teve outros filhos além de Jesus.

Muitos dizem que não, mas, que Maria teve outros está mais claro ainda em Marcos 6,3:

"Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? e não estão aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se dele."

Jesus teve no mínimo mais 6 irmãos, 4 homens em que a Bíblia cita os nomes e, pelo menos, devido ao plural "irmãs", 2 mulheres.

Em João 2,12 temos, ainda:

"Depois disso desceu a Cafarnaum, ele ( Jesus ), sua mãe ( Maria ), seus irmãos( não primos e/ou discípulos ), e seus discípulos ( não irmãos e/ou primos ); e ficaram ali não muitos dias."

Em Colossenses 4,10 lemos:

" Saúdam- vos Aristarco, meu companheiro de prisão, e Marcos, primo ( não irmão e/ou discípulo ) de Barnabé..."

Muitos dizem que, quando a Bíblia fala em "irmãos" de Jesus é com relação aos discípulos. Mas como existem textos, como João 2,12, que deixam claro que existiam os irmãos e também os discípulos, apelam e dizem que "irmãos",  na verdade, são primos. Mas, a Palavra de Deus também faz diferenciação entre parentes, como vemos em Colosssenses 4,10, acima, ou seja, sempre tem alguém querendo torcer o que a Bíblia, inclusive a católica, diz.




Maria foi virgem até Jesus nascer, depois foi mulher normal de José, não é aceitável a concepção de uma idéia de que um casal, casado,  viva junto tanto tempo sem nunca ter praticado algo lindo e abençoado por Deus: o sexo.

E isto não muda e nem desabilita em nada o nosso respeito por ela, pois foi uma santa mulher de Deus de verdade, que desempenhou seu ministério de maneira brilhante!

Aliás, o maior conselho que consta na Bíblia foi dado por ela:

Maria diz em João 2,5:

"...Fazei tudo quanto ele ( JESUS ) vos disser."

Antes de Jesus nascer, ela se revela mortal como qualquer um de nós: Lucas 1:46-47:


Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, ( serva de Deus )
E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; ( necessitava de salvação )

Maria foi uma santa serva de Deus, a porta que Deus usou para vir ao nosso mundo e, só! Devemos seguir seu exemplo de fé e obediência, mas não podemos reverênciá-la, pois somente Jesus é mediador entre nós e Deus.

É isso aí!

A MENINA E O MONSTRINHO! ONDE VAMOS PARAR?




Uma menina de dez anos entra no banheiro feminino de uma pizzaria e se assusta. Lá tinha um monstro! Ela volta para sua mãe e cochicha: “Tem um homem lá dentro do banheiro! Ele tá vestido de mulher!”



A mãe não tem dúvida: numa reação natural que qualquer outra mãe teria, reclama para o dono da pizzaria.


O dono, em atenção à mãe e à segurança dela e sua filha, pediu, quase que implorando, para que o homem vestido de mulher não voltasse mais ao banheiro feminino.


Toda a humilhação e imploração do dono de nada valeram. O caso chegou à Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo, que telefonou — não para a mãe e sua filha —, mas para o homossexual, de nome Laerte Coutinho, dizendo que a pizzaria violou a lei estadual 10.948/2001, sobre discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero. A pizzaria será multada e ameaçada por forças governamentais a serviço e seviciadas pelo movimento gay. Laerte está determinado a exigir essa truculência estatal contra a pizzaria, como lição para todas as meninas do Brasil que encontrarem um gay no banheiro das mulheres.


A Secretaria da Justiça não se incomodou em telefonar para a menina de 10 anos, nem para sua mãe, talvez porque o marmanjo gay seja funcionário do notório jornal esquerdista Folha de S. Paulo, que já foi denunciado por defender descaradamente o assassinato de crianças em gestação.


O caso expõe nitidamente a hipocrisia do governo e da imprensa esquerdista. Na polêmica lei da palmada, os dois atacaram os pais e sua autoridade, alegando que os interesses das crianças devem estar acima de tudo. Mas quando um homossexual entra no cenário, o holofote fica só para ele, e a pobre criança é atirada para um cantinho escuro.


Se a menina tivesse ligado para a Secretaria de Justiça denunciando que sua mãe lhe deu umas palmadas, a resposta governamental teria vindo imediatamente para punir a mãe.


Mas se a menina tivesse denunciado, “Tem um homem vestido de mulher no banheiro!”, a resposta governamental nunca viria para punir o sem-vergonha. Viria, isso sim, para ameaçar o dono do estabelecimento, a mãe da criança (por ter ensinado “homofobia” para a menina) e para dar uma bronca na menina por deixar sua mãe lhe ensinar “preconceito, discriminação e ódio”.


O governo e a mídia incitam crianças a denunciar os pais, que são os maiores protetores de seus filhos.


Mas o governo e a mídia nunca incitam crianças a denunciar predadores homossexuais. Tudo indica que, na visão governamental e midiática, pais são muito mais perigosos do que esses predadores.


A Folha de S. Paulo, que está gritando histericamente em favor de seu funcionário homossexual, calou-se para o fato de que uma menina estava envolvida. Nenhum jornalista nem autoridade governamental e muito menos um membro do Conselho Tutelar apareceu para dizer: “Ei, temos de colocar a menina antes do homossexual!” É uma vergonha colossal que o Estado de São Paulo sob o PSDB e a Folha de S. Paulo estejam colocando o homossexual na frente da menina.


Poderia haver perigo com a presença de um homossexual num banheiro feminino com uma menina por perto? Homens homossexuais também ameaçam meninas. Apesar de seu padrão politicamente correto, até mesmo a Globo não deixou de noticiar o caso de dois pais-de-santo homossexuais que estupraram uma menina de 9 anos.


Qualquer caso de uma menina na presença de um homem no banheiro feminino é suficiente para despertar justa indignação em qualquer pessoa normal, especialmente nos pais. Tal indignação só aumenta diante da injustiça de uma imprensa e até governo que tratam com descaso uma menina e sua mãe a fim de prestigiar um marmanjo homossexual.


Casos como esse só tendem a inflamar e incitar a violência contra os homossexuais, porque embora a imprensa e até o governo coloquem homossexuais na frente de uma menina e sua mãe, as pessoas normais sempre defenderão uma menina ameaçada pela presença de marmanjos em banheiros femininos.


Se até nos banheiros masculinos os homens estão enfrentando problemas provocados por homossexuais, por que estender agora essa insegurança aos banheiros das mulheres?


Cada vez mais, de forma descarada, shopping centers e outros lugares estão sendo usados como pontos de prostituição gay — bem nos banheiros masculinos. E, talvez por temor da obsessão anti-“homofobia, os homens olhem e ignorem.

 
A lei 10.948/2001, que está sendo usada para garantir que o marmanjo gay tenha acesso aos banheiros femininos, é uma insanidade do PSDB. Embora o PLC 122 não tenha sido aprovado como lei federal, o governo estadual do PSDB aprovou uma lei anti-“homofobia” no Estado de São Paulo em 2001. A lei foi criada em resposta à reivindicação de dois homossexuais que estavam se beijando em público e se queixaram de pessoas próximas que se sentiram ofendidas. A lei do PSDB foi criada especificamente para proteger o erotismo homossexual em público.


Como resultado direto dessa lei:


* Homossexuais dançaram de calcinha na Assembleia Legislativa de São Paulo em 2007, sem nenhum impedimento.


* Um pastor foi preso no centro de São Paulo, após pregar contra as práticas homossexuais.


* O Estado de São Paulo lidera o ranking de incitação de denúncias por “homofobia”.


* Um bêbado foi multado em quase 15 mil reais por chamar um homossexual de “veado”.


* Uma igreja evangélica teve seus outodoors com versículos bíblicos violentamente removidos pela “justiça” de São Paulo.


Todas essas consequências vieram de uma lei específica para beneficiar dois gays que queriam a liberdade de se beijar em público, na frente de adultos e crianças.


Que tipo de lei farão agora para atender ao marmanjo gay que exige estar com meninas e suas mães nos banheiros femininos?


Enquanto isso, o que uma mãe deverá dizer à sua filha de 10 anos que testemunhar um marmanjo gay no banheiro feminino? Ficar em silêncio para não ofender o marmanjo?

Já que estes trapos querem virar raça, que exijam do governo verbas para os estabelecimentos construirem um terceiro tipo de banheiro, masculino, feminino e aberrações!

É isso aí!

PORQUE EU NÃO AJUDO A LBV!




Antes que alguém diga, eu já estou dizendo: eles não precisam da minha ajuda;


 Porque o apóstolo Paulo disse aos Gálatas: “Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da fé”. ( Gl 6,10 )


 A LBV- Na pessoa do seu fundador Alziro Zarur, diz amar incondicionalmente a Satanás.

A LBV não tem nenhuma relação com Deus, nem com sua palavra.
A LBV não tem nenhum compromisso com a palavra de Deus.


Esta instituição foi fundada por um ex-católico, chamado Alziro Zarur na metade do século passado. Um pouco mais terde, em 1973, Alziro Zarur fundava a RelIgião de Deus, sabemos no entanto, que essa religião não leva Deus além da sua placa.


Veja algumas posições eclesiásticas dessa instituição:


Ecumenismo - Eis uma das principais posições da LBV/Religião de deus; eles pregam o ecumenismo total entre todas as crenças que existem no mundo; eles pregam uma irrestrita comunhão e aceitação religiosa entre todos os homens.


Porém a bíblia nos diz: Que não hé comunhão entre luz e trevas.


Mediunidade - Na Religião de deus se acredita e se prega sobre a comunicação com os mortos; isto deve ser entendido por todos os que aceitam tal ensino; eles dizem que todas as pessoas tem a aval de Deus para se comunicar com espíritos.


Porém a bíblia nos diz: Que todo aquele que consulta espíritos, são abomináveis ao Senhor, ou seja, o Senhor nosso Deus tem nojo dos que buscam tal prática (Dt 18.9ss).


Não pretendemos expor aqui todas a heresias desse grupo que se identifica por LBV ou por Religião de Deus, pois o texto se tornaria muito extenso; queremos no entanto, expor nas próximas linhas alguns dos útimos versos de um dos mais conhecidos poemas do autor e fundador da LBV:


Poema do Irmão Satanás


Por Alziro Abrahão Elias David Zarur




"Amigos meus, oremos por Satã,


Amemo-lo de todo o coração,


E respondamos sempre com perdão


Aos males que nos faça, hoje e amanhã.



E, um dia, todos nós iremos ver


Satanás redimido, a trabalhar


Por aqueles que veio tresmalhar


Dos rebanhos do Cristo, e reviver!



Porque se assim, amigos, não quiserem


Aqueles que se chamam “os cristãos”,


Lavemos, desde já, as nossas mãos,


Ante as iniqüidades que fizerem.



Por mim, com honra, eu amo Satanás,


Meu pobre irmão perdido nos infernos,


Com este amor dos sentimentos ternos,


Para que ele, também, receba a paz."






Nota: Este poema está escrito no livro "Mensagem de Jesus Para os Sobreviventes" - uma das obras mais famosas do fundador da Legião da Boa Vontade, p.130-133).


Quando alguém ligar para seu telefone pedindo ajuda, lembre-se! Você ama a Satanás?


Eu não os ajudo e nem amo a Satanás.


Como cristão, eu não amo a Satanás, antes o quero ver queimando para todo o sempre.

Pelas palavras de Jesus, o diabo e seus anjos já estão condenados, pois o inferno foi preparado para eles (Mt 25.41). A derrota final das hostes malignas está prevista em Apocalipse 20.10: "E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta. De dia e de noite serão atormentados para todo o sempre".

É isso aí!




MAÇONARIA X BÍBLIA



Visão Maçônica Vs Visão Bíblica


O segredo


Visão maçônica: O maçom tem o compromisso de manter segredo absoluto sobre o que realmente acontece dentro das lojas maçônicas, ele deve omitir e até mentir sobre essas verdades para defender a sua sociedade secreta. Seus rituais, sua simbologia, seus ensinamentos e tudo mais do que acontece dentro das lojas deve ser mantido em segredo pelos seus sectários.


Visão bíblica: Jesus afirma em João 18.20, que Ele sempre falou publicamente; a bíblia afirma que as boas novas do Senhor Jesus Cristo devem ser divulgadas abertamente em todo o mundo (Lc 12.2,3; At 1.8; 4.19v). Jesus mandou que os discípulos fossem até mesmo nas casas (Mt 10) falar sobre sua doutrina, e em todo o mundo (Mt 28.19,20). Jesus diz: “Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa. Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu (Mt 5.14-16)”. Portanto, quem faz o seu culto e preocupa-se em manter segredo, não pode ser de Cristo.


Acesso às lojas (templos)


Visão maçônica: As portas das lojas maçônicas não são abertas a qualquer pessoa que deseja. Para fazer parte da maçonaria, a pessoa deve ser convidada por alguém que já é membro da loja, e mesmo a pessoa ou candidato sendo indicado por um maçom, vai ter sua vida investigada antes de ser aceita entre a irmandade. Também não são aceitos dentro das lojas maçônicas, pessoas pobres e desprovidas de grande capacidade intelectual, portanto na maçonaria, de maneira muito clara, há acepção de pessoas.

Visão bíblica: Quanto a selecionar pessoas para o rol de membros: Jesus não escolhe aqueles que podem ou não entrar na sua igreja, antes Ele chama a todos, e diz que é da sua vontade que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade (1Tm 2.1-4). Quanto à acepção de pessoas, Tiago escreve em sua carta, que não devemos dar preferências a algumas pessoas, simplesmente pelo fato de essas pessoas serem mais abastadas financeiramente. Veja parte do texto de Tiago: - Meus irmãos, vocês que crêem no nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, nunca tratem as pessoas de modo diferente por causa da aparência delas. Por exemplo, entra na reunião de vocês um homem com anéis de ouro e bem vestido, e entra também outro, pobre e vestindo roupas velhas. Digamos que vocês tratam melhor o que está bem vestido e dizem: “Este é o melhor lugar; sente-se aqui”, mas dizem ao pobre: “Fique de pé” ou “Sente-se aí no chão, perto dos meus pés”. Nesse caso vocês estão fazendo diferença entre vocês mesmos e estão se baseando em maus motivos para julgar o valor dos outros. Mas, se vocês tratam as pessoas pela aparência, estão pecando, e a lei os condena como culpado. Segundo a bíblia sagrada devemos tratar todas as pessoas com igualdade - (Tg 2.1-4,9).


Participação feminina


Visão maçônica: Mulheres não podem fazer parte da maçonaria. É impedido o acesso de mulheres dentro das lojas maçônicas. Em contra partida, o homem não pode ser aceito no rol de membros da maçonaria sem o consentimento de sua esposa.


Visão bíblica: A igreja de Cristo não faz nenhum uso de preconceito contra as mulheres; a bíblia diz em Gálatas 3.28, que para Deus “não há diferença entre homem e mulher”, todos devem ser tratados com respeito, e o acesso de mulheres dentro dos templos cristãos não pode ser negado. Confira vários registros da participação feminina nos ministérios cristãos: At 9.36v “Tabita, excelente discípula cristã; At 21.5 “toda a família (mulheres e filhos) reunida em oração”; Rm 16 “A irmã Febe é recomendada por Paulo”, Priscila é cooperadora de Paulo; Maria trabalhou muito por Paulo; Júnia havia se distinguido entre os apóstolos; ainda Trifena, Pérsida, Trifosa, Júlia. Contamos ainda com muito mais amparo bíblico a respeito da participação feminina nos cultos cristãos.


A bíblia


Visão maçônica: A bíblia não é regra de fé dentro da maçonaria. A maçonaria funciona como uma espécie de “camaleão espiritual”, ou seja, em cada lugar onde estão, criam uma intimidade ou simpatia razoável, através de uma falsa aceitação com a religião predominante daquele lugar, veja o exemplo: no Brasil, possuem dentro das lojas uma cópia da bíblia; no mundo islâmico, possuem uma cópia do alcorão, e assim agem em qualquer lugar do mundo.


Visão bíblica: Quanto a aceitar a fé de outras religiões,  o cristão  não pode concordar com a fé que diverge da bíblia sagrada. Para o cristão a bíblia contém a verdade absoluta, a verdade contida na bíblia sagrada é constante, e por isso em qualquer lugar do mundo onde se professa ser cristão, a verdade é uma só; a palavra bíblica é imutável (Hb 13.8), e nós não podemos aceitar nenhuma palavra que difere do evangelho que dantes já fora anunciado (Gl 1.6-8).


Quanto a associar-se com outras crenças religiosas, a bíblia nos diz ser algo profundamente errôneo, Paulo diz: “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; [...] (2Co 6.14-17).


Normas de culto


Visão maçônica: Sobre desenvolvimento das reuniões em lojas maçônicas, tudo é misterioso. Suas reuniões são sempre a portas fechadas; antes de dar inicio às reuniões, os maçons se certificam de que todas as portas e janelas estão fechadas, e não pode jamais haver no seu meio alguém que não faz parte da ordem. suas atividades rituais são regadas a ocultismo, numerologia, astrologia, ou seja, há sempre doses generosas de elementos satânicos (Os ensinos Secretos da Maçonaria, de John Arkerberg e John Weldon, das edições Vida Nova).


Visão bíblica: Sobre reuniões cristãs, em 1Co 14, Paulo diz: “Portanto, meus irmãos, o que é que deve ser feito? Quando vocês se reúnem na igreja, um irmão tem um hino para cantar; outro tem alguma palavra para ensinar; outro, uma revelação de Deus; outro, uma mensagem em línguas estranhas; e ainda outro, a interpretação dessa mensagem. Que tudo seja feito para o crescimento espiritual da igreja”. Aqui vemos ordens para um culto equilibrado e transparente diante de Deus, que é o objetivo da nossa adoração.


Entre as igrejas verdadeiramente cristãs, não há empregos de ocultismo, numerologia, astrologia, superstições, ou simpatias. O único símbolo que podemos e devemos usar nos cultos de adoração a Deus, são os elementos da Ceia do Senhor e o óleo da unção. Obs.: sabemos que muitas igrejas pseudo-evangélicas  já se desviarm e estão fazendo uso de elementos (numerologia, ocultismo, simpatias, superstições) proibidos em seus cultos; isso é vergonhoso, mas eles já venderam a sua fé!




Jesus Cristo


Visão maçônica: Quem é Jesus Cristo para os maçons? Resposta objetiva: apenas um sábio homem que fundou uma religião. Os maçons negam a divindade de Cristo, eles comparam Cristo a Maomé, Siddharta Gautama (Buda) e outros.



Visão bíblica: Jesus Cristo é Deus! Veja em Isaías 44.6 “Assim diz o Senhor, Rei de Israel e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: Eu sou o primeiro e eu sou o último, e fora de mim não há Deus”, agora compare com Apocalipse 1.17 “E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; eu sou o Primeiro e o Último”; Apocalipse 2.8 “E ao anjo da igreja que está em Esmirna escreve: Isto diz o Primeiro e o Último, que foi morto e reviveu [...]. Jesus Cristo é Nosso Deus, em At 4.10-12, a bíblia diz que o único nome pelo qual podemos ser salvos, é o nome de Jesus.



A maçonaria, devido ao seu alto e organizado segredo, não nos permite muito conhecê-la, porém as informações que passamos neste artigo, foram pesquisadas de maneira profunda, e confrontadas com a bíblia de forma apologética.

É isso aí!

NEGOU JESUS COMO DEUS? É SEITA! UM PAPO SOBRE A TRINDADE.



Há um só Deus (Ef 4.6)! Porém, o fato de existir mais de uma pessoa divina, não é o mesmo que politeísmo. São tres pessoas distintas que formam Um Único Deus!


Nós cremos que há um só Deus.


O Espírito Santo é pessoa divina, e não apenas força ativa. Não podemos negar a personalidade do Espírito Santo. O mesmo Pai que enviou Jesus, também enviou o Espírito. Em João 14.26, Jesus o chamou de "outro Consolador", mostrando que ele pertence à mesma categoria que Jesus; em João 14.16,17 Jesus afirma que o Espírito Santo é uma pessoa divina tanto quanto Ele o é! Vários textos apresentam o Pai, o Filho e o Espírito Santo como pessoas unidas, mas distintas (Mateus 3.16,17; 28.19). O Espírito ensina (João 14.26); habita nos fiéis como o Pai e o Filho o fazem (João 14.17,23; 1Co 6.19) e intercede como Cristo também o faz (Romanos 8.26); Veja o que aconteceu quando Ananias tentou trapacear os apóstolos, “Mas Pedro disse: Ananias, por que te afoitou Satanás a trapacear o espírito santo e a reter parte do preço do teu campo? [...] trapaceastes não a homens, mas a Deus.”


A bíblia ensina que Jesus Cristo é Deus! As seitas que negam a divindade de Jesus trabalham muito para evitar o significado de diversas passagens. A principal seita que nega a divindade de Jesus é a conhecida “Testemunhas de Jeová”. Esta seita usa uma versão particular das Escrituras, a qual é cheia de acréscimos e traduções desleais ao texto grego original. Essa falsa tradução (Novo Mundo) foi calculada justamente para negar as provas textuais da divindade de Jesus. Mas Ele é eterno, divino e merecedor de adoração.


Farei uma breve exposição sobre a divindade de Jesus Cristo usando apenas a bíblia particular dessa seita.


Tradução Novo Mundo – mesmo essa tradução sendo tendenciosa, eu a usarei para refutar a falsa doutrina das TJs sobre a Trindade.


Veja Isaías 44.6 “assim disse Jeová, o Rei de Israel e seu resgatador, Jeová dos exércitos: ‘Sou o primeiro e sou o último, e além de mim não há Deus.”


Veja revelação (Apocalipse) 1.17,18 “E quando o vi, caí como que morto aos seus pés. E ele pôs a sua mão direita sobre mim e disse: “ Não temas. Eu sou o primeiro e o último, e o vivente, e fiquei morto, mas, eis que estou vivo para todo o sempre.”
Veja revelação (Apocalipse) 2.8 “ E ao anjo da congregação em Esmirna escreve: Estas coisas diz aquele, o Primeiro e o Último, que ficou morto e passou a viver [novamente].

Veja e entenda! Em Isaías, Jeová diz: eu sou o Primeiro e o último!

Em Revelação ou Apocalipse (aquele que foi morto e agora vive) Jesus Cristo diz: eu sou o Primeiro e o último!


Qual é a sua opinião amigo?


O senhor dos exércitos de Isaías não é o mesmo de Revelação?


Isso está muito claro, porém homens hereges estão tentando esconder a divindade de Jesus, e por qual motivo estão tentando fazer isso?


Veja em João 10.9 “eu (Jesus)sou a porta, todo aquele que entrar por mim será salvo[...]".É realmente esse o motivo que faz com que muitas seitas mintam a respeito da divindade de Jesus; (as seitas não são obras de Deus, mas sim, de homens corruptos ou de Satanás). Satanás bem sabe, que se o homem não confessar que Jesus é o Senhor, ele não terá sua salvação. O texto de João diz que Jesus é a porta para a vida eterna! Porém as testemunhas de Jeová negam a divindade de Jesus, por que eles não nasceram no coração de Deus. As TJs não crêem sequer na ressurreição física de Jesus, veja o que diz a bíblia Novo Mundo (das TJs): Lucas 24.39-43 “Vede minhas mãos e meus pés, que sou eu mesmo; APALPAI-ME e vede, porque um ESPÍRITO NÃO TEM CARNE E OSSOS ASSIM COMO OBSERVAIS QUE EU TENHO. E dizendo isso, mostrou-lhes suas mãos e seus pés. Mas, não acreditando eles ainda de pura alegria e admirando-se, disse-lhes: Tendes aqui algo para comer? E entregaram-lhe um pedaço de peixe assado; e ele tomou e comeu diante dos seus olhos.” Como com tanta evidência da ressurreição física de Jesus as testemunhas de Jeová ainda tentam negá-la? Será que Satanás cegou o entendimento deles? Sim! No entanto esse brevíssimo texto pode servir de luz para que os sectários dessa organização religiosa abram os seus olhos espirituais.


Voltando a divindade de Jesus - João 1.28,29 “Estas coisas aconteceram em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando. No dia seguinte viu Jesus aproximar-se deles e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo!”


Veja em Apocalípse 5.12-14 “Dizendo com uma voz alta: ‘O Cordeiro que foi morto é digno de receber o poder, e as riquezas, e a sabedoria, e a força, e a honra, e a glória, e a bênção.’ E toda a criatura que está céu, na terra, e embaixo da terra, e no mar, e todas as coisas neles, eu ouvi dizer: ‘Ao que está assentado no trono e ao Cordeiro seja a bênção, e a honra, e a glória, e o poderio para todo o sempre.’ E as quatro criaturas viventes diziam: ‘Amém!’ e os anciãos PROSTRARAM-SE E ADORARAM.” Entenda! O Cordeiro é o Senhor Jesus, as mesmas honras que são dirigidas ao que está assentado no trono também são dirigidas ao Cordeiro, e Eles eram ADORADOS!!!
 
Portanto, só não reconhece Jesus como Deus quem não quer!
 
É isso aí!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

BBB; COMO AJUDAR A TIRAR ESSE LIXO DO AR!


Conclamamos os cristãos a boicotarem os produtos dos anunciantes deste programa, os patrocinadores da agenda maligna, os quais até a semana passada eram:


•AmBev (Guaraná Antarctica)


•Fiat


•Niely


•Schincariol (Devassa)


•Unilever (Omo)


Dinheiro é a linguagem que esta turma respeita. Que eles não vejam o dinheiro dos crentes!




•Esqueça o OMO. Lave a sua roupa com um sabão em pó que não financie a imundícia.


•Ignore os cosméticos da Niely. Prefira o bom perfume de Cristo.


•Não beba a devassidão.


•Não mate a sua sede com o guaraná que assassina a moral da família brasileira. Prefira o suco da videira dos santos.


•Antes de comprar um carro, veja a quem o seu dinheiro irá servir.

 É isso aí!

RECORDES N'O DETALHE DA PALAVRA'



ESTE BLOG ESTÁ BATENDO ALGUNS RECORDES:

- 160 VISUALIZAÇÕES DE PÁGINAS EM APENAS 1 HORA NO DIA 13/01/12
- 410 VISUALIZAÇÕES DE PÁGINAS TOTAIS NESTE MESMO DIA
- 10.000 VISUALIZAÇÕES EM 54 DIAS

HOJE, CHEGAMOS Á MARCA DE 40.000 VISUALIZAÇÕES. PODE SER POUCO PARA BLOGUEIROS EXPERIENTES E PROFISSIONAIS, MAS PARA UM AMADOR COMO EU, ISTO É UM GRANDE FEITO.

GLÓRIA A DEUS POR ISSO E QUE ELE ABENÇÕE A TODOS OS VISITANTES, SEGUIDORES E CRÍTICOS DO BLOG " O DETALHE DA PALAVRA ".

É ISSO AÍ!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A BÍBLIA ESTÁ CHEIA DE ERROS E CONTRADIÇÕES!



Muitos gostam de enfatizar discussões sobre hipotéticos erros da bíblia. Pois bem, a estas pessoas cujas vidas são uma constante indagação, fizemos o favor de relacionar quais os erros que elas tanto procuram.
 
VEJAM OS ERROS QUE SE ENCONTRAM NA BÍBLIA:

A Bíblia está CHEIA de erros
- o primeiro erro foi quando Eva duvidou da Palavra de Deus;
- o segundo erro aconteceu quando seu esposo fez o mesmo;
- e assim erros e mais erros ainda estão sendo cometidos…
- porque as pessoas insistem em duvidar da Palavra de Deus.

A Bíblia está CHEIA de contradições
-Ela contradiz o orgulho e o preconceito;
-Ela contradiz a lascívia e a desobediência;
-Ela contradiz o seu pecado e o meu.

A Bíblia está CHEIA de falhas
-porque Ela é o relato de pessoas que falharam muitas vezes ;
-assim foi com a falha de Adão;
-com a falha de Caim;
-e a de Moisés;
-bem como a falha de Davi e a de muitos outros que também falharam.
-Mas Ela é também o relato do amor infalível de Deus.

Deus NÃO ESCREVEU a Bíblia
-para pessoas que querem jogar com as palavras;
-para aqueles que gostam de examinar o que é bom, mas sem fazê-lo;
-para o homem que não acredita porque não quer.

O homem moderno DESCARTOU os ensinamentos da Bíblia
-pelas mesmas razões que outros homens tem descartado através da história
-por grande ignorância a sua verdadeira mensagem e conteúdo;
-intransigente apatia em recusar considerar suas declarações;
-bem conhecidos pseudocientistas posando de críticos honestos;
-convicção secreta de que este Livro está certo e de que os homens estão errados.

Somente uma pessoa PRECONCEITUOSA acreditaria que: 
-os ensinamentos bíblicos são passados e irracionais, sendo princípios arcaicos e sem propósito;
-a Bíblia está cheia de discrepâncias e afirmações inaceitáveis;
-Ela só poderia ser trabalho irrelevante e não inspirado de meros homens.

A Bíblia é, afinal, somente mais um LIVRO RELIGIOSO 
-para milhares que não se arriscam serem honestos consigo mesmos e com Deus;
-para os que têm medo de aceitar o desafio do próprio Deus a um exame honesto;
-para os que não querem examiná-la a fundo porque Ela diz verdadeiramente como os homens são.

E você não pode ENTENDER ou CONFIAR no que a Bíblia diz 
-a menos que você esteja disposto a considerar as evidências e encarar face a face o AUTOR!



Não falei?


É isso aí!

sábado, 21 de janeiro de 2012

LÁ VEM MIGUEL...NÃO. NÃO É ELE NÃO! UM PAPO SOBRE ANJOS.




Tem muita gente achando que Miguel anda frequentando alguns cultos neuro-pentecostais por aí, mas, olhem, Miguel não tem tempo para isso não! Ele é o guardião de Israel, portanto só peleja por aquela nação.

Ah!-alguém poderia dizer:- Eu já presenciei o Arcanjo fazendo maravilhas....cuidado, tem um outro anjo por aí que se transforma até mesmo em anjo de luz...

Por falar nisto, vamos a um papo sobre anjos:

Os Anjos são seres espirituais criados especialmente com mais alta distinção entre todos os seres vivos criados por Deus. Eles exercem atividades importantes no mundo espiritual, mas não são independentes nessas atividades, pois as fazem dentro dos limites em que foram criados.


I – A CLASSIFICAÇÃO ANGELICAL.


A Bíblia revela que os Anjos são organizados e classificados obedecendo a uma hierarquia angelical. Os Anjos estão presentes em todo o universo, pois realizam funções específicas, e são altamente capacitados e livres para exercerem essas atividades.

a) Arcanjo.


É um termo cujo prefixo indica a mais elevada posição nessa hierarquia angelical. Prefixo “arc” significa principado. A Bíblia fala apenas de um arcanjo chamado “Miguel”, o qual além de sua posição superior aos demais anjos, tem uma missão protetora em relação ao povo de Israel (Dn 10.13, 21; 12.1) “e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu o deixei ali com os reis da Pérsia.”


b) Anjo Gabriel.


Um Anjo de alta categoria, mas não chamado arcanjo nas escrituras, enviado para explicar a visão das setentas semanas a Daniel (Dn 9.21), enviado a Zacarias e Maria (Lc 1.19,26).

c) Querubins.


No hebraico o termo “querub” aparece com o sentido de “guardar, cobrir”. Os Querubins são uma classe especial de Anjos diretamente relacionados com o trono de Deus. A Bíblia declara que Deus habita entre os querubins. (1 Sm 4.4; 2 Rs 19.15; Sl 80.1; 99.1; Is 37.16) “E Ezequias orou perante o Senhor, dizendo: ó Senhor Deus de Israel, que estás assentado sobre os querubins, tu mesmo... O Senhor reina, tremam os povos; ele está entronizado sobre os querubins, estremeça a terra.”


d) Serafins.


Esse vocábulo deriva do hebraico “saraph” que significa “ardente, refulgente ou brilhante”. Segundo a Bíblia, eles estão envolvidos diretamente no serviço de adoração ao Deus Todo-Poderoso (Is 6.1-3) “Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava.” São seres que proclamam e vindicam a santidade divina, louvando-o todo o tempo.


Obs: em Colossenses 1.16 “porque nele foram criadas todas as coisas nos Céus e na Terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele.” Vemos várias das classes de Anjos neste texto no N.T.

e) Tronos.


No original esta palavra refere-se a uma classe de Anjos que tem uma relação vital com o Trono de Deus, com a sua soberania. Os querubins se identificam perfeitamente à esta classe de seres angelicais como “anjos-tronos”.


f) Domínios.


Esse termo aparece em algumas versões como “soberanias”. Portanto “domínios” são uma classe de Anjos que executam ordens da parte de Deus sobre as coisas criadas. Eles possuem poderes executivos para atuarem sobre o universo, e especialmente, sobre a terra.


g) Principados.


Outro termo muito próximo de dominadores, mas que possuem atividades de príncipes do reino de Deus, a relação do termo “principados” pode ser ilustrada quando nos reinos da terra os principados regem sobre territórios pertencentes ao reino de um país. Na Bíblia existe um outro “príncipe” das hostes celestiais chamado “Miguel”.


h) Potestades.


Referem-se a Anjos especiais que executam tarefas especiais da parte de Deus. Não são poderes isolados, mas são investidos para exercerem atividades especiais (1 Cr 21.15-27; Sl 103.20).

II SUAS QUALIDADES E ATRIBUIÇÕES


a) Santidade.


É um estado dos anjos que servem a Deus, por isso, eles são identificados como “santos” (Ap 14.10; Mc 8.38; Lc 9.26; At 10.22) “...quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos.” E isto os distingue dos anjos caídos.


b) Reverência.


É uma característica que envolve louvor e adoração a Deus em cuja presença os anjos o glorificam. (Sl 29.1,2; 89.7; 103.20; 148.2) “Bendizei ao Senhor, vós anjos seus, poderosos em força, que cumpris as suas ordens, obedecendo à voz da sua palavra!”


c) Serviço.


É a atividade principal dos anjos de Deus, por isso são chamados de “espíritos ministradores” (Hb 1.14)


d) Proteção.


Os anjos cuidam e protegem os fiéis da terra (Sl 34.7; 1 Rs 19.5-7) “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra.”


III - ALGUMAS DAS ATIVIDADES DOS ANJOS.


1) Anunciar e avisar de antemão (Gn 18.9; Lc 1.13,30) “Mas o anjo lhe disse: Não temais, Zacarias; porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João;”


2) Guiar e instruir (Gn 24.7,20; Ex 14.19; At 7.38,53) “Então o anjo de Deus, que ia adiante do exército de Israel, se retirou e se pôs atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles e se pôs atrás,”


3) Guardar e defender ( Sl 34.7; 2 Rs 6.17; Sl 91.11) “Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.”


4) Ministrar aos necessitados (Gn 21.17; Ex 3.7; 1 Rs 13.5-7) “Mas Deus ouviu a voz do menino; e o anjo de Deus, bradando a Agar desde o céu, disse-lhe: Que tens, Agar? não temas, porque Deus ouviu a voz do menino desde o lugar onde está.”


5) Ajudar os homens a atingirem seus destinos ( Hb 1.14) “Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?”


6) Assessorar no julgamento (At 12.23; Mt 16.27; Lc 9.26; 12.8,9) “No mesmo instante o anjo do Senhor o feriu, porque não deu glória a Deus; e, comido de vermes, expirou. Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras.”


7) Os Anjos estão ativos na adoração celeste servindo tanto agora quanto no estado eterno (Ap 19.1-3; Lc 2.13ss) “Então, de repente, apareceu junto ao anjo grande multidão da milícia celestial, louvando a Deus e dizendo: Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens de boa vontade.”



Com certeza muitos detalhes das nossas curiosidades sobre os anjos não temos respostas, contudo, as informações que temos na Bíblia são suficientes para que estimemos esses seres criados por Deus.

É isso aí!

O BRADO NEM TÃO RETUMBANTE ASSIM!

JAN
Na minissérie da Rede Globo de Televisão, “O Brado Retumbante”, o presidente da República Paulo Ventura é um engomadinho que assume a presidência “meio sem querer” e tem que conviver com ministros escolhidos pelo presidente anterior que têm discursos contra as elites e a favor dos movimentos sociais.
O presidente engomadinho é quase uma sósia do Senador Aécio Neves (PSDB), ex-governador de Minas Gerais. Veja o painel da Folha de S. Paulo de sexta-feira:
Mera coincidência :Em conversa com correligionários, Aécio reconheceu semelhanças físicas com o político Paulo Ventura, protagonista da série global “Brado Retumbante”. “Vamos aguardar o final da trama”, brincou um aliado do senador.”.
A principal plataforma do presidente engomadinho não é lutar pela Democracia e República, acabar com a miséria, pela justiça social, pela igualdade, pelo desenvolvimento nacional, pelo aprimoramento do Estado e da Administração Pública; mas apenas acabar com a corrupção, com o aumento das penas para crimes cometidos por servidores e agentes públicos.
O que garante que as pessoas não desrespeitem a lei é a certeza da condenação, e não o aumento de penas. Além disso todos conhecem o discurso da Veja e velha mídia como se o governo Lula tivesse inventado a corrupção no Brasil, como se esse não fosse um problema grave desde Pero Vaz de Caminha e das Capitanias Hereditárias, e bastante acentuado nos governos de Fernando Collor e FHC, mas também bastante abafado no governo tucano. Talvez a minisséria seja uma resposta contra o livro sucesso de vendas “A Privataria Tucana”, abafado pela grande mídia. E claro, a minissérie tem um discurso contra os servidores públicos, de caráter claramente privatizante e neoliberal.
Além disso a minissérie quer defender que um político mulherengo e drogado (o presidente “fictício” é alcoólatra e trai a esposa) também pode ser um ótimo presidente. Lembre-se que além da fama de mulherengo do ex-governador mineiro, o livro “A Privataria Tucana” denuncia que José Serra plantou insinuação de que Aécio Neves cheira cocaína.
Parece que a Globo já escolheu seu candidato, só falta agora convencer o PSDB, as elites e a velha mídia de São Paulo, que por enquanto querem José Serra ou Geraldo Alckmin como candidatos a presidente em 2014 contra Dilma Rousseff (PT).

SEMPRE DETESTEI BARALHO E, NÃO ERA ATOA!



Então a cobiça, depois de haver concebido, dá luz ao pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte”. (Tiago 1,15).


As cartas foram criadas no ano de 1392, para uso pessoal do rei Carlos da França, quando este sofria debilidade mental.


O criador das cartas era um homem degenerado e mau, que escarnecia de Deus e de seus mandamentos. Para sua criação maligna ele escolheu figuras bíblicas: o rei representa o diabo, a dama representa Maria, a mãe do Senhor. Assim de modo blasfêmico, fez de nosso Senhor Jesus Cristo um filho de Satanás com Maria. Copas e ases representam o sangue de Jesus, o valete (resisto em escrevê-lo) o próprio Senhor.

Paus e outros símbolos representam a perseguição e destruição de todos os santos. Seu desprezo pelos dez mandamentos foi expresso pelo número dez das suas cartas. Quem conhece esta origem diabólica do jogo de cartas, compreende também as conseqüências diabólicas.


Nenhum jogador de cartas lembra da realidade do diabo e dos demônios, que estão no fundo desse jogo.


Quem conhece a origem das cartas de jogar, também compreende porque com as cartas se relacionam práticas diabólicas como adivinhação, esconjuração, etc.


A Palavra de Deus nos proíbe tais práticas:


“Não praticareis adivinhações nem a magia. Não dirijais aos adivinhos, (cartomantes) não os consulteis, para que não sejais contaminados por eles. Eu sou o Senhor Vosso Deus.” (Levitico 19, 25-31).


És inconseqüente? Esse é o mal dos nossos dias. Tu dizes que crês num poder superior. Então seja conseqüente! Se existe este poder superior, então Ele é um Deus, o Criador. Seu caráter é amor. Ele provou seu amor a ti e a mim, entregando seu Filho Unigênito, para vencer o inimigo que nos dominou. Esse inimigo é Satanás. Seja conseqüente e pensa sobre isso. Terás uma vez que responder diante de Deus à pergunta, o que fizeste com Jesus Cristo, seu dom inefável para ti? Seja conseqüente e lembra que também tens um inimigo, que quer destruir tua vida. “Ele anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar”.


Isso ele tenta com vários meios, também como tais que pareçam inofensivos, por exemplo as cartas de jogar.


O mal continuamente tem que conceber o mal, e da mesma maneira como se jogar cartas irrefletidamente, sem pensar nas terríveis conseqüências, tão irrefletidamente e sem nenhuma razão o elevado e santo nome do Senhor Jesus é tomado em vão. Advertimos insistentemente a cada filho de Deus: não te envolvas com jogo de cartas.

É isso aí!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

DEUS, EU TE QUERO, PAI, PAI, EU TE QUERO!




A música ‘ai se eu te pego’ de Michel Teló, detestávelmente chata, chegou ao sucesso extremo, sendo tocada em todo o mundo, e ganhando diversas versões. Ai se eu te pego, já foi dançada por soldados israelenses e até mesmo regravada em forma de paródia por um grupo de Israel, criticando os judeus ultra-ortodoxos.

Agora, a música do cantor sertanejo, pasmem, recebeu uma versão gospel, com a adaptação da letra feita pelo músico e Professor Josué Figueiredo e gravado pelo grupo Loucuras Gospel de Itacoatiara, Amazonas.


O vídeo que foi postado no youtube no dia 12 de janeiro, com o título “Deus eu te quero”, e já conta com quase 200 mil visualizações. E na avaliação de quem já assistiu, 346 pessoas disseram que gostaram e, em contra partida, 2091 pessoas votaram que não gostaram do referido vídeo.


A música, que no original ensina como xavecar uma garota na balada, foi totalmente mudada, mas não agradou a maioria dos internautas que a ouviu.


Uma usuária do youtube, identificada como Belline 100 diz:

 “Amigo na boa… você acha mesmo que isso agrada ao Senhor? Pegando uma letra do mundo e fazendo paródia em cima… Faz o seguinte. Escreva uma musica inspirada pelo Espírito Santo e grave e coloque aqui que vc vai ver como suas avaliações vão pra 10….Uma coisa quem gostou mesmo dessa paródia foram os incrédulos!!!!! DE GOSPEL NÃO TEM NADA!!!"


Outra usuária identificada como Jamira40, não deixou de opinar dizendo:

“Só faltava isso agora, paródia gospel, gente sem talento e oportunista, pq não busca inspiração na fonte certa e unção que só pode vir de um único ser???”

Outros usuários reclamam dizendo que a música é um ‘pecado moral’, e que os criadores da música tem falta de sabedoria, falta de discernimento, falta de amor próprio e falta de Deus.

Não demora muito e eles ainda me inventam uma "nossa senhora gospel" também.....

É isso aí!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

ATEU VIVE POUCO!



Cientistas da renomada Duke University em Raleigh (Carolina do Norte/EUA) descobriram: “Quem crê em Deus vive mais tempo.” Durante oito anos eles mediram regularmente a pressão arterial de 4.000 moradores do Estado. O resultado surpreendente foi: as pessoas que iam aos cultos no domingo ou liam a Bíblia e oravam regularmente tinham pressão arterial 40% mais baixa do que os não-crentes.


A genuína fé em Deus tem efeitos sensíveis, inclusive sobre a vida física. O Senhor Jesus disse:

 “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mt 11.28).

Mas a fé em Jesus Cristo produz mais do que apenas redução do stress ou sensação de segurança. Pois não devemos apenas nos sentir bem, tudo em nossa vida deve estar bem. A fé é uma fonte que jorra para a vida eterna. Aquele que crê em Jesus recebe o perdão dos pecados. Quem nEle crê é liberto do pecado original de Adão. Quem recebe a Jesus em sua vida pela fé é liberto legalmente de toda culpa e se torna um filho de Deus legítimo (Jo 1.12). A fé em Cristo nos transporta para o reino de Deus e nos dá uma esperança viva que nos sustém também em dias difíceis. A fé em Jesus tira o poder da morte (embora o temor dela ainda possa persistir), nos abre as perspectivas para o reino de Deus e permite a nossa entrada nele. Por meio da fé o homem obtém razão para viver e sua alma inquieta encontra descanso.
 
É isso aí!