GERAÇÃO PRÉ-ADÂMICA

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

DEPOIS DE 18 ANOS NO GOSPEL, MARA MARAVILHA "NUM GUENTÔ" E VAI CANTAR ATÉ MICHAEL JACKSON. QUE MISTURA, HEIN!?




A cantora Mara Maravilha anunciou que voltará a cantar músicas românticas e tocará um projeto paralelo à sua carreira no meio gospel.

Após 18 anos dedicando-se exclusivamente à música cristã, Mara Maravilha afirmou em entrevista ao portal iG que ela e o produtor Arnaldo Saccomani já estão trabalhando no EP (Extended Play, um formato de lançamento que traz menos faixas que um CD tradicional) que deverá ser apresentado em breve.

Saccomani, conhecido nacionalmente por sua participação como jurado nos programas Ídolos e Astros, ambos pelo SBT, também foi responsável pelo sucesso da carreira secular de Mara Maravilha no início dos anos 1990, quando a cantora ficou entre as mais tocadas nas rádios do Brasil com as músicas “Não Faz Mal”, “Vivendo e Aprendendo” e “Liga Pra Mim”.

Desde 1997 no gospel, Mara agora irá regravar algumas de suas músicas de sucesso na antiga carreira, assim como gravar uma versão da música “Got to be There”, de Michael Jackson.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

A HORA DA LIBERTAÇÃO, IGREJA TEMPLO DA VERDADE.

ASSISTA AO PROGRAMA "A HORA DA LIBERTAÇÃO" COM O PASTOR WAGNER FERREIRA E PASTOR VALDEIR ARAUJO:




PADRE CRITICA IDOLATRIA A MARIA E RELIGIÃO!



“Tenho muito medo, tenho visto, presenciado em muitos lugares esse cristianismo sendo nivelado por baixo, sendo reduzido a medalhinhas, a devoção mariana sendo excessivamente colocada, tomando o lugar do Cristo, … é Cristo que nos Salva, nos resgata e nos liberta”.
Essas são algumas das palavras que o Padre utilizou em um sermão. Assista:




sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

UM LUGAR ONDE SATANÁS NÃO ESTÁ? NO INFERNO!



Satanás está no inferno?

Pelo que escreveu, disse que leu um livro no qual a autora, Mary Baxter, conta ter sido arrebatada ao inferno onde passou quarenta dias e ficou frente-a-frente com Satanás.

O Senhor avisou que veríamos falsos profetas. É óbvio que o relato da autora não resiste a uma análise à luz das Escrituras. Ela viu Satanás no inferno? Deve ter lido gibi demais. Satanás não está no inferno. Satanás está nas regiões celestiais, quando não passeia pela Terra.

(Jó 1:6) - E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles. Então o SENHOR disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao SENHOR, e disse: De rodear a terra, e passear por ela.

(EF 6:12) - Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

Satanás deverá ser expulso do céu, permanecerá na Terra durante poucos anos, será acorrentado durante mil anos, será solto por um pouco de tempo antes de ser enviado acorrentado para o inferno.

(AP 12:9) - E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. 

(Ap 20:10) E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.

Só então ele ficará no lago de fogo, não como os gibis costumam mostrar, como se fosse o rei do inferno, mas como condenado.

 

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

ATÉ CÃEZINHOS ORAM AGRADECENDO O ALIMENTO E VOCÊ, NÃO!



Para muitas pessoas, seus animais de estimação, como cachorros e gatos, são como parte da família, e muitos destes são tratados por seus donos como se fossem realmente pessoas. Muitos mascotes recebem festas de aniversários, viajam de férias com seus donos e até mesmo frequentam SPAs e hotéis especializados em animais. Porém, um vídeo publicado no Youtube chama a atenção por mostrar dois cachorrinhos sendo colocados para “orar” antes da refeição.

No vídeo um homem coloca as tigelas de comida de seus dois cachorros diante dele e avisa que eles só podem comer depois da oração. Então os animais se colocam sobre as patas traseiras, como se fossem uma pessoa de pé, enquanto ouvem seu dono fazer uma oração de agradecimento pela comida.

Prestando atenção em seu dono, os cachorrinhos permanecem parados diante de suas tigelas de comida, e só se abaixam e começam a comer depois que ouvem o “amém” de seu dono, demostrando que acabou a oração.

veja:

domingo, 19 de janeiro de 2014

"PASTORAS" SAPATÕES SE "CASAM" NA "IGREJA", PODE?!

Jesus está vendo: Sapatões evangélicos casam em cerimônia na igreja

A imagem divulgada pelas noivas. Depois não querem que o povo faça piada... Detalhe para o bem-casado homoafetivo 

Foram divulgadas as fotos do casamento das pastoras evangélicas lésbicas Lanna Holder e Rosânia Rocha. 

GENIZAH

E não faltaram as fotos capciosas e as tweetadas provocativas em uma cerimônia cheia de beldades e aquela estética típica dos gospelentos... O que prova que a cafonice evangélica é uma força descomunal superando até mesmo a orientação sexual.

As fotos são do blog o Fuxico Gospel (sic) que enviou repórter ao evento gayligioso.

O testemunho de cura gay FAIL


Lanna Holder e a sua companheira Rosania Rocha vivem juntas, como casal, desde que Lanna assumiu (novamente) a sua homossexualidade desfazendo (mais uma vez) o seu testemunho de cura gay.

Holder foi o meteoro pentecostal do final da década de 90 e início dos anos 2.000. Surgiu oferecendo um testemunho de ex-drogada, ex-lésbica e outros exs que juntamente com o seu carisma foram o sucesso dos Gideões de Camboriu, o grande evento pentecostal brasileiro. “Com apenas 12 anos de idade conheci o lesbianismo e aos 17, fui a uma boate gay e tive a minha primeira intimidade sexual com mulher", relembra Lanna em entrevista de 2011.  "Logo depois desse acontecimento, saí de casa para morar com uma mulher 12 anos mais velha do que eu", informou Lanna, que tinha  21 anos de idade nesta época. Mais tarde, a futura pregadora viveu uma experiência religiosa, que segundo ela mesma teria mudado a sua vida: "Larguei todas as minhas práticas imediatamente. Pedi à minha mãe, que ligasse para a minha ex-companheira e avisasse que eu não iria mais voltar, pois havia me convertido. Milagrosamente o álcool, as drogas e o homossexualismo ficaram para trás." Era o início da carreira religiosa que se iniciou com a sua entrada na indústria dos testemunhos evangélicos, um dos grandes motores humanos à serviço do crescimento evangélico brasileiro. O outro é o dinheiro.

Gizuz está amarradão com tamanha fé, que não se viu tão grande nem em Israel


Em 2002, o escândalo. As notícias davam conta de que Lanna se envolvera com a belíssima dirigente do louvor da World Revival Church – Assembléia de Deus de Boston, nos Estados Unidos, e estava mantendo um relacionamento homossexual. O incidente caiu como uma bomba e se transformou em um choque para muita gente, sobretudo as multidões que lotavam os eventos onde ela pregava e que consumia vorazmente as fitas e vídeos com suas mensagens. Lanna Holder é acusada de continuar mantendo as suas práticas homossexuais o que culmina na confissão pública que cai feito uma bomba no universo pentecostal. O resultado foi o fim de seu casamento com missionário Samuel Davi de Souza. Na ocasião, os evangélicos pentecostais não sabiam com o que se escandalizar mais: a queda de uma pregadora importante de sua comunidade, a comprovação que a indústria de testemunho é cheia de farsas, o adultério, a corneada pública ou o escândalo gay.

Noivo sapatão perdeu os sapatos na cerimônia. Ao fundo, as madrinhas que são uma bênção!

A segunda volta


Em 2007 a missionária diz se arrepender, mais uma vez, de sua homossexualidade e ensaia um retorno aos púlpitos: “Sei que pequei. Não me orgulho disto e estou trabalhando minha restauração com Deus”, desabafou. Lanna colocou no ar um site dedicado ao seu recomeço ministerial e passou a comercializar DVDs com suas velhas mensagens e outras novas. Sabe-se que a missionária andou recebendo o apoio de diversos assembleianos ligados aos Gideões de Camboriu e foram abertas portas para que voltasse a pregar em certo círculo restrito de alguns ministérios da AD. Chegou, inclusive a receber uma carta de recomendação de um ministério, antes ligado à CGADB, o que lhe ajudou a abrir portas. Contudo, o retorno não foi capaz de lhe encher a agenda.

Religiosas homossexuais provocam religiosos heterossexuais nas redes sociais (twitter da noiva). E o casamento só tinha daminhas, olha só no fundo...


No início de 2010 Lanna Holder concede entrevista para um site LGBT, dando conta de sua opção, sem que o fato, contudo, tenha gerado grande repercussão no meio evangélico. Ao que parece, para a maioria, Lanna Holder seguia enterrada no passado.Neste ponto, ela reassume o seu romance com Rosania Rocha, a bela que havia servido de instrumento do caramulhão para a sua  tentação no último escândalo envolvendo o seu nome. O diabo, que sempre leva a culpa, havia foi redimido. O responsável pela benção-tentadora (sua futura esposa) teria sido, afinal de contas, Jesus. As duas montam casa juntas e vivem o seu sonho de princesas. Lanna, contudo, ainda sente no coração o desejo de servir ao Senhor e planeja abrir uma comunidade religiosa.

Como toda noiva...


A primeira igreja Lésbica Evangélica de Gizuz do Brasil


Em 2011 a missionária Lanna Holder e sua companheira Rosania Rocha anunciam  a inauguração de seu ministério, a Comunidade Cristã Cidade de Refúgio. E, desta vez, Holder conseguiu a atenção dos evangélicos e também da mídia secular. Afinal, estava sendo aberta a primeira igreja de lésbicas do país, para muitos um sinal claro da volta de iminente de Jesus.

A Cidade de Refúgio é uma comunidade cristã inclusiva em São Paulo. Desde a sua inauguração já abriu outras unidades em outros estados em em 2014 chega ao quarto templo. “É uma igreja para Jesus, não só para gays”, explica Lanna. A comunidade tem mais de 500 seguidores já celebrou mais de dez casamentos homossexuais. E como dizem alguns evangélicos, se está crescendo é porque Deus está aprovando. Cuma?! Não é isto não?!


Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/2014/01/jesus-esta-vendo-sapatoes-evangelicos.html#ixzz2qrFldX1a
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

sábado, 18 de janeiro de 2014

400 PADRES EXPULSOS POR PEDOFILIA: É MUITA COISA!

Igreja Católica

Vaticano já expulsou 400 padres denunciados por pedofilia

Entidades cobram postura mais incisiva da Igreja Católica e querem que acobertadores dos abusos sexuais deixem também o sacerdócio

ONU cobra explicações sobre os escândalos de abusos sexuais cometidos por religiosos
ONU cobra explicações sobre os escândalos de abusos sexuais cometidos por religiosos (Alessandro Bianchi/Reuters)
Em resposta à intensificação de denúncias de pedofilia de padres da Igreja Católica, o Vaticano disse neste sábado que expulsou do sacerdócio cerca de 400 pessoas nos últimos anos do pontificado de Bento XVI. Segundo o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, em 2011, foram, aproximadamente, 300 expulsões e, em 2012, cerca de 100 religiosos. 
Na quinta-feira, o Comitê para os Direitos das Crianças da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu à Igreja Católica que atue fortemente contra os abusos sexuais dos quais crianças e adolescentes são vítimas. Em resposta ao escândalo, o papa Francisco expressou sua"vergonha" com as denúncias.
Algumas entidades já se manifestaram a favor de uma postura mais incisiva da Igreja. A Rede de Sobreviventes de Pessoas Abusadas por Padres (SNAP, por sua sigla em inglês), por exemplo, acredita que o papa deveria expulsar também os eclesiásticos que acobertam crimes sexuais, não só aqueles que os cometem. "Enquanto isso não acontecer, as coisas não mudarão muito", disse a entidade, em comunicado.
Durante mais de uma década, a Igreja Católica foi sacudida por uma avalanche de escândalos de abusos sexuais cometidos por religiosos contra crianças, que começou na Irlanda e se estendeu para Alemanha, Estados Unidos e vários países latino-americanos, como Brasil e México.
Os abusos foram acobertados pelos superiores dos acusados, que, em muitos casos, os transferiram para outras paróquias, em vez de denunciá-los à polícia. Em 2005, Bento XVI havia prometido afastar todos os que acobertassem abusos sexuais dentro da Igreja, mas não conseguiu.
ONU - Esta é a primeira vez que os representantes do Vaticano responderam a perguntas relacionadas aos abusos cometidos contra menores de idade por religiosos católicos. O pedido de manifestação veio de especialistas do comitê da ONU, que estão preparando um relatório sobre o assunto a ser divulgado em 5 de fevereiro. 
Em dezembro, a Santa Sé se negou a responder a um questionário enviado em julho pelo comitê da ONU, sobre cerca de 4 mil investigações eclesiásticas atualmente analisadas pela Congregação para a Doutrina da Fé, que não revela seus trabalhos.
(com agência France-Presse)

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

PRESIDENTE RUSSO COLOCA HOMOSSEXUALISMO E PEDOFILIA NO MESMO PATAMAR!



SOCHI - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta sexta-feira que os homossexuais devem se sentir bem-vindos nos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, marcados para o período entre 7 e 23 de fevereiro, mas pediu para que eles "deixem as crianças em paz".

Respondendo a uma pergunta de um voluntário da Olimpíada durante uma visita a Sochi, Putin prometeu que os homossexuais não serão discriminados na Rússia e podem ficar "tranquilos". Mas ele ressaltou que, devido à lei que proíbe a "propaganda homossexual" para as crianças, eles não podem expressar seus pontos de vista sobre questões relacionadas aos seus direitos para pessoas menores de idades.

Com sua declaração, Putin deu a entender que coloca a homossexualidade e a pedofilia no mesmo grupo. "Temos uma proibição de sexo não tradicional. Temos uma proibição de propaganda da homossexualidade e pedofilia, quero enfatizar isso, sobre a propaganda para menores", disse.

Putin e outros políticos têm defendido a lei aprovada em junho como uma medida para proteger as crianças, mas os críticos acreditam que é uma forma de discriminação contra as minorias por causa de sua preferência sexual. A lei, inclusive, menciona apenas especificamente o termo "propaganda sexo não tradicional".

O presidente da Rússia insistiu que a medida não é discriminatória. "Não estamos proibindo nada, não estamos parando ninguém, não temos punição para essas relações, ao contrário de muitos outros países", disse. "Podem ficar relaxados e calmos, mas, por favor, deixem as crianças em paz". 

FONTE:http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,putin-pede-que-homossexuais-deixem-criancas-em-paz-nos-jogos-de-sochi,1119680,0.htm

FREIRA COM DOR DE BARRIGA VAI A HOSPITAL E VOLTA COM BEBÊ DE 3,5KG! OH!



Uma freira de 32 anos originária de El Salvador deu à luz um menino na última terça-feira (14) no hospital Camillo De Lellis, localizado na cidade italiana de Rieti. Segundo fontes do centro de saúde, ela foi levada ao pronto-socorro do local após sentir fortes dores abdominais.

Assim que a freira chegou ao hospital, os médicos confirmaram a suspeita do ambulatório de que a mulher na verdade estava esperando um filho, que nasceu com 3,5 kg. O parto, natural, ocorreu com a máxima discrição e ela foi colocada em um leito longe de olhares indiscretos, o que não evitou que a notícia vazasse.

"Eu não sabia que estava grávida, eu tinha só uma forte dor de barriga", disse a freira à equipe de primeiros-socorros. Já suas companheiras de convento ficaram muito surpresas com a novidade. "Como é possível? Não poderíamos imaginar uma coisa assim", afirmaram.

Fonte: Agência ANSA

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

CRISTÃOS PROGRESSISTAS TORNAM-SE PIORES QUE ATEUS!

Curador de museu diz que cristãos progressistas são 'mais perigosos' que os ateus

Segundo Ken Ham, chefe do Museu da Criação, os cristãos progressistas são tendenciosos

Luciano Portela, repórter do The Christian Post
Chefe do Museu da Criação de Petersburg (EUA), o curador Ken Ham relatou que os cristãos progressistas são pessoas "mais perigosas" para o cristianismo que os ateus, em função de vulnerabilidade em termos de verdade consumada.
Ken Ham
Segundo Ham, os cristãos progressistas são tendenciosos e mudam de opinião de um jeito que muda facilmente de direção. O chefe do museu lançou este argumento após ser criticado por insistir na teoria da Teoria da Terra Jovem, que baseia a origem da Terra no livro bíblico do Gênesis e estaria afastando crentes, segundo críticos.
"Aparentemente, eles chamam isto de 'Cristianismo Progressista', mas eu acho que está mais para 'Cristianismo Evolucionista' – o que o mundo secular acredita como origem, eles aceitam como infalível e depois a mesma verdade vira instável para se adaptar à Palavra de Deus. Isto é triste", disse Ham.
As críticas a Ken Ham surgiram através de um blog progressista que defende a ideia de que jovens estão descartando a Bíblia por conta de gente que impõem barreiras, estabelecendo "regras rígidas para o que uma pessoa deve ser para se assumir como cristão", relata a página com nome de Unfundamentalist Christians (Cristãos Não-fundamentalistas).
O blog manifesta sua fé em Jesus Cristo e sua crença na Bíblia, mas levanta queixas diante da oposição aos homossexuais, ao inferno e à demonização do que é visto como errado. Segundo o jornalista Dan Wilkinson, responsável pelo post, criacionistas só servem para demonizar quem discorda deles.
Em contrapartida, Ham disse que considera as críticas como uma afronta contra a Palavra de Deus e o amor em Cristo, além de ter sido um ataque pessoal contra ele, já que ele irá debater em breve com o cientista Bill Nye.
Em fevereiro, Ken Ham e Bill Nye farão parte de um evento que discutirá qual "é a criação certa com um modelo viável de origem no mundo científico moderno de hoje?", debate que esgotou todos os seus ingressos em pouco tempo.
Nye também é conhecido por sua atuação na televisão, com suas instruções dadas nas experiências científicas da versão animada em seriado da franquia De Volta Para O Futuro, e uma participação especial na série The Big Bang Theory.
Divulgação: www.juliosevero.com

ESCOLHI ESPERAR, MAS, ATÉ QUANDO?



“Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor” Salmos 40.1

Introdução: Esperar não é fácil. Vivemos um século onde tudo acontece com rapidez e as pessoas estão dispostas a pagar para não esperar. A sociedade moderna é imediatista. Contudo, a vida já começa com a espera de nove meses para nascer e continua com uma sequência de esperas até o fim. A grande dificuldade para esperar é a dúvida se vai acontecer o que se espera.

O que você está esperando?

Vamos refletir a diferença entre esperar e não esperar:

1- DESESPERO = não + esperar: Salmos 69.3 “Estou cansado de clamar, secou-se-me a garganta; os meus olhos desfalecem de tanto esperar por meu Deus”

Quem não sabe esperar, vive em desespero. Uma pessoa desesperada perde toda a expectativa de conseguir vencer e pensa que não adianta mais esperar. Muitas pessoas são apressadas porque já se frustraram muito e não conseguem aguentar a possibilidade de ficar esperando e depois não ser atendidas. Este também é um comportamento infantil, quando a mãe não ensina o/a filho/a.

Exemplos de pessoas que não souberam esperar:
- a mulher de Ló não aguentou esperar e olhou para trás (Gênesis 19.26);
- o povo de Israel não esperou Moisés descer o monte e fizeram o bezerro de ouro (Êxodo 32.1,2);
- o filho pródigo não quis esperar o tempo certo de receber sua herança (Lucas 15.11-13);

Para curar o desespero é preciso aquietar o coração na presença de Deus, por isso a Palavra diz “voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também, hoje, vos anuncio que tudo vos restituirei em dobro” (Zacarias 9.12). O cristão deve usar o capacete da salvação (Efésios 6.17) para proteger sua mente de todo pensamento que tire sua esperança em Deus.

Espere um pouco mais!

2 – ESPERANÇA = esperar + crer: Salmos 62.5 “Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa, porque dele vem a minha esperança”



A Esperança é a continuação da fé. Ter esperança é esperar acreditando. Quem espera com dúvida, não tem esperança. Por isso devemos esperar no Senhor, pois sabemos que não seremos decepcionados por Ele. Esperar em Deus é ter certeza de resposta no tempo certo.

Exemplos de pessoas que souberam esperar:
- Noé e sua família esperaram as águas do dilúvio abaixarem (Gênesis 10.8-10);
- Abraão que esperou contra a esperança e teve seu filho (Romanos 4.18).
- Davi esperou o tempo certo de ser rei mesmo depois de ungido;
- Jesus esperou trinta anos para iniciar seu ministério;

O livro de Salmo traz várias palavras em oração falando sobre esperar em Deus, quando o salmista diz “e eu, Senhor, que espero? Tu és a minha esperança” (Salmos 39.7). Somente no Salmo 119 o autor fala quatro vezes sobre esperar “na Tua palavra” (Salmos 119.49,81,114,147) mostrando que quando Deus faz uma promessa, devemos esperar confiando que se cumprirá.

Mesmo que tudo pareça contrário, devemos dizer “aguardo o SENHOR, a minha alma o aguarda; eu espero na sua palavra” (Salmos 130.5). Se você está achando difícil esperar, busque na Palavra de Deus uma fonte de esperança, para que você não espere sem ter a fé que vem pelo ouvir (Romanos 10.17).

Vale a pena esperar!

Tenha esperança no Senhor!

CONCLUSÃO:
A paciência é fruto do Espírito, também chamada de longanimidade ou ânimo longo (Gálatas 5.22). Jesus prometeu que “os mansos herdarão a terra” (Mateus 5.5) porque ‘a pressa é inimiga da perfeição’. Muitas vezes passamos por situações que são para nos ensinar a ser perseverante e aprender a esperar porque “a tribulação produz perseverança e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança” (Romanos 5.3,4).

Esperar no Senhor é ter fé!

| Autor: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

domingo, 12 de janeiro de 2014

PAULO SERIA REJEITADO COMO MISSIONÁRIO NA IGREJA MODERNA!



Tentativa de Paulo ocupar uma vaga de missionário numa grande agência missionária brasileira se depara com resistências teológicas e éticas

Conta-se que o Apóstolo Paulo enviou seu currículo para a Junta de Missões Mundiais de certa denominação protestante, oferecendo-se para trabalhar como missionário. Depois de algumas semanas, o secretário da Junta escreveu-lhe esta carta, justificando a razão por que não poderia aceitá-lo.

Apóstolo Paulo tenta vaga de missionário na Igreja Protestante do Brasil

Ao Reverendo Saulo Paulo
Missionário Independente
Roma, Itália
Prezado Sr. Paulo:

Recebemos recentemente seu currículo, exemplares de seus livros e o pedido para ser sustentado pela nossa Junta como missionário na Espanha.
Adotamos a política da franqueza com todos os candidatos. Fizemos uma pesquisa exaustiva no seu caso. Para ser bem claro, estamos surpresos que o senhor tenha conseguido “passar” até aqui como missionário independente.
Em Antioquia, o senhor provocou uma confusão com Simão Pedro, um pastor muito estimado na cidade, chegando a repreendê-lo em público. O senhor provocou tantos problemas que foi necessário convocar uma reunião especial da Junta de Apóstolos e Presbíteros em Jerusalém. Não podemos apoiar esse tipo de atitude.
Acha que é adequado para um missionário trabalhar meio-período em uma atividade secular? Soubemos que fabrica tendas para complementar seu sustento. Em sua carta à igreja de Filipos, o senhor admite que aquela é a única igreja que lhe dá algum suporte financeiro. Não entendemos o motivo, já que serviu a tantas igrejas. O senhor não se dá bem com as igrejas que funda? Então por que agora está atrás de nosso sustento?
É verdade que já esteve preso diversas vezes? Alguns irmãos nos disseram que passou dois anos na cadeia em Cesareia e que também esteve preso em Roma, e em outros lugares. Não achamos adequado que um missionário da nossa Junta tenha ficha suja na polícia, pelo fato de que esse tipo de mancha compromete gravemente seu testemunho e credibilidade, e também o testemunho e credibilidade de nossa Junta.
O senhor causou tantos problemas para os fabricantes de ídolos da deusa Diana em Éfeso que eles o chamavam de “o homem que virou o mundo de cabeça para baixo.” Sensacionalismo é totalmente desnecessário no trabalho missionário. Deploramos, também, o vergonhoso episódio em que o senhor fugiu de Damasco escondido em um grande cesto. Nossos missionários jamais fogem das autoridades.
Estamos admirados em ver sua falta de conduta conciliatória. Os homens educados e que sabem chegar a um acordo não são apedrejados nem arrastados para fora dos portões das cidades, muito menos atacados por multidões enfurecidas. Alguma vez parou para pensar que palavras mais agradáveis poderiam ganhar mais ouvintes? Envio-lhe um exemplar do excelente livro "Como Ganhar os Judeus e Influenciar os Gentios", do Dr. Presunçoso Sabetudo, o maior teólogo da nossa denominação.
Em uma de suas cartas, o senhor se descreve como “Paulo, o velho.” As normas de nossa Missão não permitem a contratação de missionários além de certa idade.
Percebemos que é dado a fantasias e alucinações. Em Trôade, o senhor alegou que viu “um homem da Macedônia” e em outra ocasião diz que “foi levado até o Terceiro Céu e que ouviu palavras inexprimíveis.” Afirma ainda que viu o próprio Senhor Jesus e que ele o confortou. Achamos que a obra de evangelização mundial requer pessoas com os pés no chão e com mente saudável.
Num de seus livros, o senhor ensina: “Busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia.” (1 Coríntios 14:1 NVI)
Como se não lhe bastasse ter essas “profecias,” “sonhos,” “visões” e outras alucinações, o senhor ainda se esforça para estimular seus ouvintes a buscar as mesmas fantasias. Não podemos permitir tais ensinos que violam nossas normas doutrinárias e denominacionais, colocando a saúde mental dos ouvintes em risco.
Além disso, o senhor tem mostrado incoerência em seus próprios ensinos estranhos. E temos prova disso em seus próprios livros. O senhor disse, em 1 Coríntios 12, que Deus dá vários dons sobrenaturais, inclusive o dom de cura, mas não vive de acordo com o que prega. Por exemplo, em Gálatas 4:13, o senhor confessou ter uma grave enfermidade física. Não acha estranho pregar sobre dons sobrenaturais de cura quando o senhor é incapaz de curar suas próprias enfermidades?
O Dr. Lucas nos deu esta informação sobre você: “Deus fazia milagres maravilhosos por meio das mãos de Paulo, de tal maneira, que até lenços e aventais que Paulo usava eram levados e colocados sobre os doentes. Estes eram curados de todas as suas enfermidades, assim como espíritos malignos eram expelidos deles.” (Atos 19:11-12 KJA)
O testemunho do Dr. Lucas é importante, pois mostra que o senhor, usando um alegado dom de cura, apenas tocava em pessoas ou objetos que elas usariam para que houvesse experiência de curas e expulsão de demônios. Essa questão dos lenços e aventais é algo que está a uma galáxia de distância das práticas oficiais de nossa denominação. Mais parece heresia neopentecostal. Além disso, ao dizer ao Dr. Lucas e a outros que o senhor tem esse suposto poder de cura nas mãos, o senhor entrou em grave contradição consigo mesmo.
Em 2 Timóteo 4:20, com suas próprias palavras o senhor admitiu: “Deixei Trófimo enfermo em Mileto.” Já pensou o escândalo que o senhor traria para nossa denominação saindo por aí dizendo que Deus cura através de dons sobrenaturais pelas suas mãos, mas nos bastidores deixando seus ajudantes pastorais enfermos? O que o público diria de nós se esse escândalo, por causa de sua pregação e atitudes incoerentes, viesse a público?
Por isso, a postura oficial de nossa denominação é que esses dons sobrenaturais cessaram dois mil anos atrás. Com isso, evitamos muita confusão, coisa que o senhor parece gostar. Temos mais provas. Sua igreja em Corinto estava enfrentando uma crise muito grande, e entre suas soluções o senhor apontou como ter e utilizar dons sobrenaturais do Espírito Santo, inclusive profecias e curas. Aliás, foi justamente para essa igreja que o senhor disse: “Busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia.” (1 Coríntios 14:1 NVI)
Em que o uso de fantasias e alucinações poderia ajudar uma igreja problemática? Seguindo as normas práticas de nossa denominação, o senhor teria uma solução simples e fácil. A confortável doutrina do cessacionismo, que é uma de nossas principais tradições religiosas, resolve eficazmente o problema de alucinações e fantasias pessoais e coletivas. Mas em vez dessa solução prática, o senhor preferiu estimular todos em Corinto a buscar mais alucinações do que eles já tinham. O senhor não percebe que esse tipo de conselho só aumenta a confusão?
Mas quem disse que o senhor gosta de evitar confusão?
Em toda a parte por onde andou, o senhor provocou muitos problemas, especialmente de relacionamentos. Em Jerusalém, entrou em conflito com os líderes do seu próprio povo. Se alguém não consegue se relacionar bem com seu próprio povo, como pode querer servir no exterior? O senhor parece desconhecer o que Deus diz em Sua Palavra: “Esforçai-vos para viver em paz com todas as pessoas.” (Hebreus 12:14 KJA)
O senhor parece ter rasgado essa passagem da sua Bíblia! É de admirar então as consequências? O senhor mesmo admite: “Todos me abandonaram.” (2 Timóteo 4:16 NVI) Temos na nossa denominação famosos teólogos que são referência constante nas revistas evangélicas nacionais e congressos de missões. São homens equilibrados, sem fantasias e alucinações. Por isso, ninguém se esquece deles nem os abandona. Entenda bem: Os homens bons nunca são esquecidos pelos seus amigos. Três excelentes irmãos, Diótrefes, Demas e Alexandre, o ferreiro, disseram-nos que acharam impossível trabalhar com o senhor e com seus planos cheios de fantasias e alucinações. Eles disseram que o senhor é um encrenqueiro que não consegue se dar bem com ninguém.
Esse problema, que é digno de tratamento em consultório, vem de longe em seu histórico. Soubemos que muito antes de suas discórdias com os três queridos irmãos, o senhor teve uma discussão amarga com um colega missionário chamado Barnabé e que acabaram encerrando uma longa parceria. Palavras duras não ajudam em nada a expansão da obra de Deus.
Analisando friamente seu ministério, vemos que não para em lugar algum e quando para, fica pouco tempo. Primeiro, a Síria, depois, Chipre, vastas regiões da Turquia, Macedônia, Grécia, Itália, e agora o senhor fala em ir à Espanha. E o pior é que no trabalho missionário, o senhor insiste em ser guiado por fantasias e alucinações. E agora quer nosso sustento? Se suas fantasias fossem divinas, o senhor não precisaria recorrer a nós.
Em um sermão recente, o senhor disse “Longe de mim gloriar-me, a não ser na Cruz de Cristo.” Achamos justo que possamos nos gloriar da história e doutrinas da nossa denominação. Como poderemos sustentá-lo se o senhor não se gloriar de nossa missão?
Seus sermões são muito longos. Em certa ocasião, um rapaz que estava sentado em um lugar alto, adormeceu após ouvi-lo por várias horas, caiu e quase quebrou o pescoço. Já está provado que as pessoas perdem a capacidade de concentração após trinta ou quarenta minutos, no máximo. Nossa recomendação aos nossos missionários é: Levante-se, fale por trinta minutos, e feche a boca em seguida.
O Dr. Lucas nos informou que o senhor é um homem de estatura baixa, calvo, de aparência desprezível, de saúde frágil e que está sempre agitado, preocupado com as igrejas e que nem consegue dormir direito à noite. Ele nos disse que o senhor costuma levantar durante a madrugada para orar. Achamos que o ideal para um missionário é ter uma mente saudável em um corpo forte. Uma boa noite de sono também é indispensável para garantir a disposição no trabalho no dia seguinte. Para que orar tanto? Cinco minutos de oração é o suficiente. Afinal, Deus não é surdo.
Algumas testemunhas relataram que o senhor ora numa “língua desconhecida.” Pensávamos que poderia ser apenas fofoca. Mas quando consultamos um de seus livros, vimos escrito: “Dou graças a Deus por falar em línguas mais do que todos vós.” (1 Coríntios 14:18 KJA) Aí o senhor mesmo reconhece que sua igreja, provavelmente sob sua influência, fala nessa “língua estranha,” e o senhor fala mais. Como se já não bastassem as perturbações da igreja, o senhor deu mau exemplo ao introduzir práticas pagãos a ela.
Evidentemente, além de alucinações, o senhor parece estar sofrendo de alguma perturbação mental. Línguas estranhas, de acordo com nossa documentação teológica, é prática comum em algumas religiões heréticas e até mesmo na bruxaria. Portanto, é totalmente incompatível com um cristão verdadeiro que se propõe ao trabalho missionário.
Finalizando, o senhor mostrou desconhecer totalmente a Teologia da Missão Integral. Quando tentamos lhe explicar que essa teologia é hoje padrão nas missões das igrejas protestantes, o senhor disse que nunca ouviu falar. Como o senhor pode ser missionário se desconhece o que é fundamental para as modernas agências missionárias?
Hoje, na Igreja Protestante do Brasil, Teologia da Missão Integral e missões são inseparáveis.
Quando lhe mencionamos que o Rev. Ariovaldo Ramos, um dos líderes protestantes mais importantes nas missões do Brasil, declarou que a Teologia da Missão Integral é a versão protestante da marxista Teologia da Libertação, o senhor não demonstrou nenhum interesse. Não é possível trabalhar hoje em missões brasileiras sem apreciar a Teologia da Missão Integral e seus teólogos. Rejeitá-los é terminar sozinho. Isso explica sua situação. Quem é que não ficaria em igual estado de abandono se rejeitasse o que hoje todos aceitam?

Nosso irmão Ariovaldo Ramos é querido por todos. Sua teologia é querida por todos. Ele era até convidado especial de Hugo Chávez, cuja morte foi uma grande tristeza para ele. Se o senhor tivesse se espelhado nele, teria também sido convidado especial dos grandes deste mundo, e seu nome seria famoso. O senhor tem sofrido perdas por sua teimosia e espírito de discórdia.
Grande é o seu despreparo teológico para trabalhar em nossa denominação e nas missões oficiais. E o pior é que o senhor não tem humildade para se adaptar aos novos tempos e às novas teologias.
Lamento muito dizer isto, irmão Paulo, mas nenhuma igreja protestante moderna poderia aceitar seu currículo. Em meus vinte e cinco anos de experiência, nunca encontrei um homem tão dado a fantasias e alucinações, envolvido com tantas confusões e encrencas e que agora, depois que todos o abandonaram, conforme o senhor mesmo nos confessou, deseja trabalhar para nós para ter nosso sustento. Se o aceitássemos, estaríamos violando as normas de nossa Junta e as doutrinas mais importantes de nossa denominação, colocando em perigo a reputação dos nossos grandes teólogos.
Sinceramente,
Reverendo Dr. Teo Lógico Cabeçadura
Secretário da Junta de Missões Mundiais
da Igreja das Doutrinas Esplêndidas e Gloriosas

Adaptado por Julio Severo de um texto anônimo que tem andado pela internet há anos.
Fonte: www.juliosevero.com

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

A MÃE DO FILHO PRÓDIGO.



RELATO DA MÃE DO “FILHO PRÓDIGO”
Pr. José Francisco Veloso

Hoje fiquei sabendo que meu filho mais novo quer ir embora de casa. Apenas fui comunicada disto pelo pai dele, o meu marido, conforme os nossos costumes que mesmo aceitando, não concordo! Não consegui dormi porque não podia imaginar alguém que tem tudo em casa, como uma boa família, com todas as necessidades supridas, ir, sair de casa sem uma meta de chegada. Como toda mãe de minha época, pensei que ele iria para a casa de um tio, montar um negócio em outra cidade, outro país ou algo que o coração de mãe arranja sempre como um bálsamo de engano-santo para suportar o pensar sobre. Mas não! No dia seguinte soube pelo pai dele que esta conversa já vinha rolando em casa entre os homens, e que a decisão do menino ( mãe sempre chama os filhos de meninos, tenham a idade que tiverem) era irrevogável. A tristeza de meu marido tinha como base, um possível fracasso dele como pai ou nossa como família. Pedi um prazo a todos para conversar com a criança. Deixaram sem alento, mas aí começamos a ter problemas com o outro filho que passou a reclamar a falta de atenção, já que o pai e agora eu, nos preocupávamos com este “ marginal dentro de casa, que quer herança antes do pai morrer, que isto poderia matar o pai, e que ele em vida, já estava perdendo pai e mãe por causa de um filho que pedia, exigia algo que jamais passara na sua cabeça”. Filosoficamente ele tinha razão, mas um dia quando ele tiver filhos, sentirá o que é ser pai e entenderá a “cegueira de uma mãe” ( palavras dele). Procurei o meu filho para conversar, a princípio como se a atitude dele fosse normal.
- “ O que você fará com tanto dinheiro? Montará uma empresa, um negócio em outro pais, em outro lugar?
- “ Não,... não vou montar nada, vou “montar” neste dinheiro como se ele fosse um cavalo e vou cavalgar pelo mundo afora, até o cavalo morrer... vou fugir da mesmice que tenho aqui em casa, na região, e quero conhecer prazeres do mundo para comparar com o que tenho aqui em casa. Não é nada pessoal com a senhora, meu pai e meu irmão, mas é esta coisa de todos os dias, da obediência cega ao meu pai, desta religiosidade que me é imposta, dos prazeres do mundo que devo evitar mesmo nunca sabendo que gosto esta coisa tem. Eu quero sair sim, aproveitar a vida como dizem que é errado, mas só saberei se é tão errado mesmo depois que conhecer tal coisa.” Eu, como mãe me senti metralhada pelas palavras, porque eu fiz uma pe rgunta simples e ele me fez um discurso inicial. Meu filho, mais tarde chamado de pródigo ( as pessoas não sabem direito o que significa esta palavra) mesmo vendo meu rosto lívido e com sabor de mãe quando perde, respondeu-me prontamente quando insisti para ele não fazer isto. “ A senhora acha que mesmo sem ter o poder do meu pai, mesmo sem o poder me dizer não, vai me convencer de ficar? Agora que já deixei claro para o meu pai o que quero, ele concordou, eu vou demonstrar fraqueza porque uma mulher, mesmo sendo minha mãe me convenceu? A senhora pode ter razão, mas vou assim mesmo!” E foi,.... meu filho se foi, levando sua parte a que teria direito, e parte de mim e de meu marido porque a sensação de fracasso invadiu o nosso relacionamento. O pior é que notando a nossa tristeza de todos os dias, o filho que ficou, boa gente, sempre nos cobrava a ausência presente. Com razão,... mas fazer o que? Todos os dias, por um bom tempo, meu marido me mandava fazer a mesa para refeições, sempre colocando taça, prato e talheres no lugar onde deveria estar o nosso filho que foi. Nas orações, movido pela emoção, meu marido sempre o citava e muito, o que passou a ser chamado de “pródigo”. E esquecemos, de uma certa maneira,... do que ficou! Nunca imaginamos a possibilidade da não volta. Eu, como mãe sonhadora, gostaria de vê-lo chegando com muitos cavalos, ovelhas, dinheiro multiplicado, empregados e dezenas de escravos; um vitorioso! Mas este dia não chegava, e como parte de mim já estava morrendo em vida, comecei a me acostumar com a ausência, aceitando depressivamente a ausência do caçula. Mas,.... isto, na vida de vitoriosos com Deus, sempre tem um “mas divino”; eu estava na cozinha temperando carne de cordeiro, quando ouço o nosso velho, o pai de meus filhos gritando lá no portão. Eu não entendia bem o que acontecia, porque não era do feitio dela gritar tanto assim e então alto. Com meus olhos já gastos pelo tempo, pude pouco ver meu marido abraçado com um homem ( coisa que nunca eu tinha visto ou imaginado) mais alto do que ele, sujo,...imundo, cabelos e barbas enormes, com roupas rotas e que chorava também! Fui me aproximando e quando reconheci o que chegara, caí de joelhos e agradeci a Deus por estar vendo aquela cena; ... depois como se me arrastasse, abracei-me à ele e choramos os três. Não fizemos nenhuma cobrança, nenhuma pergunta, não fizemos acusações tipo “ eu te avisei que ia se dar mal”. Não, fizemos como Deus faria, abraçamos, beijamos ( filhos nunca estão sujos para os pais) porque é como se beijássemos a nós mesmo e a “Deus em reposta viva”! Pronto,... recebemos de volta aquele que tinha se ido, mas agora vamos lutar para recuperar aquele que nunca se foi, o que pode ser mais difícil; mas vamos orar e conversar... Pode não dar certo agora, mas amanhã Deus saberá como agir e cá estarei para abraçar toda minha família,... digo, a família que é do meu marido onde estou inserida...!



OBS. O papiro que contem estas palavras, foi descoberto no “Monte Imaginação” que fica no sul do coração jerusalênico de um romancista cristão (Francys Osollev)

Aplicação: por mais que entendamos ou queiramos ser entendidos, não podemos dar mais atenção a um dos filhos ( os outros cobrarão, com certeza); uma família tem que ter uma mãe; nunca perder as esperanças e sempre guardar um lugar à mesa para um filho distante ou perdido; ter de tudo em casa, materialmente falando, não é o suficiente; ficar falando dos prazeres do mundo a serem evitados, tem que ter uma certa didática, porque pode acontecer o contrário, ao invés de afastar, pode impelir ( assim como falar contra drogas); pais não são escravos dos filhos ( sejam bons ou maus), mas também não são donos, porque filhos não são paridos: estão sempre em nós.

Fonte:http://pastorveloso.net/news.php?readmore=85