GERAÇÃO PRÉ-ADÂMICA

terça-feira, 14 de junho de 2011

Você ora no monte?!


Orar no monte atualmente virou uma febre entre os evangélicos pentecostais e não pentecostais (a diferença é que os não pentecostais vão escondidos). Baseados em passagens bíblicas que referem os montes como lugares de oração e onde o poder de Deus se manifestava, o povo tem subido durante as madrugadas nos montes para orar, pensando estar mais próximos do Senhor.



É interessante lembrar que no antigo testamento o monte realmente é citado como local dos holocautos do Senhor para expiação dos pecados. São inúmeras as passagens que fazem essa referência. Existem casos como Elias que subiu ao monte para orar pela volta da chuva sobre Israel e o próprio Jesus que subiu ao monte das Oliveiras para suas últimas orações.



Porém hoje o que vemos nos montes é bem diferente. Ouvimos inúmeras histórias de pessoas vendo o chão pegar fogo, bolas de fogo, inúmeras profetadas, meninices e muita, muita pirotecnia. As pessoas sobem no monte para buscar um “poder divino” que poderia – e deveria – ser buscado na sua própria casa, em secreto com Deus. Jesus nos ensina a buscar a Deus da maneira correta:



Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. Mateus 6:6

Ou seja, você não precisa subir em montes para buscar a face do Senhor. Busque em secreto, longe das meninices, onde ninguém vai medir se você é espiritual ou não só porque você grita e pula. Que a sua oração seja uma conversa íntima com Deus, longe de qualquer histeria que possa atrapalhar esse relacionamento. Se quiser subir ao monte, suba. Mas não suba procurando por “movimentos do espírito” e pentecostalices; não suba buscando profetas que dizem ser mais usados nos montes. Suba conciente que você encontrará o mesmo Deus, da mesma forma, que encontraria em seu quarto, sem ninguém te vendo ou pulando do seu lado.

É isso aí!

3 comentários:

  1. Letícia Ferreira14 de junho de 2011 15:03

    É verdade Pb,até mesmo porque em João 4:20-24, a mulher samaritana pergunta para Jesus onde afinal de contas se deveria adorar a Deus;se em Jerusalém ou nos montes de Gerizim e Jesus respondeu: "Vem chegando a hora, mulher, quando não nos preocuparemos mais em adorar o Pai aqui ou em Jerusalém. Porque não é onde adoramos que tem valor, mas como adoramos - a nossa adoração é espiritual e verdadeira? Temos a ajuda do Espírito Santo? Porque Deus é Espírito, e nós precisamos ter a ajuda dEle para adorar como devemos. O pai quer de nós esta qualidade de adoração. Mas vocês os samaritanos, sabem muito pouco a respeito dEle, e adoram ás cegas, enquanto nós, os judeus, sabemos tudo a respeito dEle, pois a salvação vem ao mundo por meio dos Judeus".

    ResponderExcluir
  2. É verdade, Deus não se limita a geografia. O lugar é o de menos!

    ResponderExcluir
  3. Oi gente!

    Façam um teste então:
    Jejum até 12h e oração em casa 1h por dia por 7 dias e
    Jejum até 12h e oração em casa 1h por dia por 7 dias

    e vão perceber a diferença entre "monte" e casa.

    Subo o monte direto e não vejo mais as 'profetadas'. Ao meu ver, cessaram quase que totalmente.

    Já subi o monte e vi as folhas pegando fogo. Isso eu NUNCA veria se fosse em casa.

    Reflitam..

    ResponderExcluir